O que devia saber sobre o vinho

O que devia saber sobre o vinho 1

Se você estiver interessado em assimilar sobre o vinho, há grandes fatores que você deve declarar. Aprenda sobre a acidez, variedades de uva e leveduras no vinho. Saiba mais a respeito diferentes estilos de vinho. Posteriormente, faça teu próprio vinho seguindo estas diretrizes simples. Há qualquer coisa pra todo gosto. Entretanto você realmente entende tudo sobre isto vinho? Você a toda a hora poderá entender mais pela biblioteca de vinhos. Ou, basta começar a jornada para o conhecimento do vinho investigando este artigo. Eu não poderia esquecer-me de apontar um outro site onde você possa ler mais sobre isto, quem sabe neste instante conheça ele mas de cada forma segue o link, eu amo satisfatório do tema deles e tem tudo haver com o que estou escrevendo por esta postagem, veja mais em consulte neste site.

Acidez

A acidez do vinho é um ingrediente essencial em uma variedade de vinhos. O grau de pH do vinho é medido em uma escala de 0 a 14. Qualquer coisa com um valor de pH de um é ácido, no tempo em que um vinho com um pH de oito é alcalino. Os vinhos vermelhos são tipicamente com nanico teor de ácido, como os produzidos a partir de colheitas tardias em climas quentes. Entretanto, há exceções à norma, incluindo vinhos feitos com baixa acidez, como Cabernet Sauvignon e Sangiovese.

Variedades de uvas

A despeito de existam mais de 10.000 tipos diversos de uvas usadas pra vinificação em o mundo todo, apenas muitas dezenas ganharam popularidade em todo o mundo. As variedades de uvas de vinho são nomeadas de maneira diferente em diferentes partes do universo. Tendo como exemplo, a uva de Tempranillo é nativa do México, no tempo em que Cabernet Sauvignon é o rei do vinho tinto. Mas, mesmo que estas duas variedades de uva sejam bastante parelhos, existem novas diferenças. Abaixo, vamos dar uma olhada nas diferenças entre eles.

Variedades de leveduras

Diversos vinhos são produzidos usando uma multiplicidade de leveduras. O tipo de fermento usado afetará o tempo e o sabor da fermentação. As leveduras são capazes de ser naturais ou cultivadas e várias vinícolas fazem uso uma mistura de ambos. Acredita -se que leveduras nativas sejam mais fiéis ao terroir de um vinho do que as artificiais, contudo, na verdade, somente vinte % do vinho produzido no mundo utiliza culturas de leveduras. O resto depende de leveduras selvagens.

Estilos de vinho

Existem diversos estilos de vinho para escolher. Existem vinhos brancos, vinhos vermelhos e vinho fortificado. Os vinhos brancos geralmente são leves em álcool e sabor. Os vinhos fortificados são parelhos a Port ou Sherry, entretanto devem ser produzidos pela Espanha ou Portugal. Outros estilos de vinho acrescentam vinhos espumantes, vinhos de sobremesa e outros. Vamos olhar para cada tipo. Estes tipos de vinhos têm sabores diferentes e são excelentes para diferentes ocasiões.

Método de envelhecimento

O recurso de envelhecimento do vinho tem muitos benefícios diferentes. O processo leva a profundas transformações químicas, incluindo o desenvolvimento de aromas complexos. Os chips de carvalho contêm compostos voláteis que contribuem pros aromas do vinho envelhecido, como coco e madeira. Compostos voláteis têm baixos limiares de detecção, todavia provadores especializados podem identificar esses aromas em vinho envelhecido. Em um estudo de mais de 40 variedades de vinho, um novo tipo de chip de carvalho foi montado em 2008. Indico ler pouco mais sobre isto por intermédio do website consulte neste site. Trata-se de uma das mais perfeitas fontes sobre isso este tópico pela internet.

Se você estava interessado no assunto desse artigo, por aqui estão mais muitas páginas com tema idêntico:

Clique aqui para saber mais

fonte site

por gentileza acesse eldiariopositivo.com

O que devia saber sobre o vinho 2